Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por Rodrigo Moita de Deus, em 17.09.15

Digam o que disserem as sondagens. Mais para cima, mais para baixo. Este foi o governo da troika, do aumento brutal de impostos, do Gaspar, das greves, da maior manifestação da nossa história, do irrevogável, das moções de censura e dos cortes históricos nas pensões e nos orçamentos da administração pública. Este é o governo das privatizações e de mais greves e de mais privatizações. Este é o governo humpty dumpty. Em que só Passos e Cavaco acreditavam numa legislatura completa. Em circunstâncias normais estaríamos a discutir o tamanho da maioria absoluta do Partido Socialista. Em vez disso as eleições estão renhidas. Aconteça o que acontecer, mesmo que ganhe, António Costa perde sempre.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De BELIAL a 19.09.2015 às 08:44

Os indecisos não serão os envergonhados que não ousam dizer em quem votam?

Uma "minoria silenciosa"?

No UK, por exemplo...

Uma coisa é certa, o voto da função pública foi perdido pela coligação, com o aumento de 35 para 40h.

Big, big mistake.

Amocharam com sócrates e com a coligação, nas subtrações remuneratórias.

Amocham até um certo ponto, mas aumentar-lhes o horário de trabalho...

E o sr costa a acenar-lhes com a redução horária de imediato...

Comentar post


Pág. 2/2