Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




gira

por Rui Castro, em 25.07.07

 

A manutenção da inenarrável Margarida Moreira à frente da DREN é uma decisão, por omissão, estúpida e perigosa. Salvaguardada pelo facto da comissão de serviço de Fernando Charrua ter já terminado em Maio, a ministra achou que podia salomonicamente matar 2 coelhos de uma cajadada. Por um lado, calava as críticas na comunicação social, não punindo Charrua, por outro, mantinha a afirmação de que Charrua havia insultado o sr. José Sócrates. Pelo meio, mantinha o seu cão-de-fila à frente da DREN, como prémio pelos serviços prestados ao partido... desculpem, à nação. A forma como a ministra encerra o assunto denota a pouca habilidade que já havia demonstrado no decurso de todo o processo. Já o facto do primeiro ministro permanecer calado como se não fosse nada com ele é revelador de uma cumplicidade inaceitável.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.07.2007 às 16:43

Estes canalhas acham que o país é deles e que, por isso, tudo o que façam está, à partida, justificado.
Insultar o sr sócrates? se ele não se sente insultado pelas suas próprias atitudes... mas quem conseguirá insultar alguém que sabe que todos sabem que ele comprou, com nomeações políticas, uma licenciatura, o pai está metido em tudo o que é trafulhices lá na terra (e mais favores políticos), é descaradamente mentiroso, oportunista e gostava de ser um salazareco? O que irá insultá-lo? a negociata dos terrenos da ota? a nomeação dum dputado do seu partido como presidente do tribunal de contas? o envio do cravinho para um tacho estrangeiro para o calar com a corrupção? a interrupção das declarações de adversáriospolíticos em noite de eleições? o abafamento do processo casa pia? Não se pode insultar quem não tem vergonha!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds