Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"a outra asa do grifo"

por João Ferreira do Amaral, em 16.12.15

 

Afonso de Albuquerque.jpg

“De pé, sobre os países conquistados

Desce os olhos cansados

De ver o mundo e a injustiça e a sorte.

Não pensa em vida ou morte,

Tão poderoso que não quer o quanto

Pode, que o querer tanto

Calcara mais do que o submisso mundo

Sob o seu passo fundo.

Três impérios do chão lhe a Sorte apanha.

Criou-os como quem desdenha.”       Fernando Pessoa - Mensagem

 

Navegou pelo Mar Vermelho, dominou o Indico e alcançou o Pacífico.

Conquistou Ormuz, Goa e Malaca.

Em apenas seis anos – os últimos da sua vida - construiu um Estado que durou quase cinco séculos.

Afonso de Albuquerque morreu no mar há exactamente quinhentos anos. Mas a sua memória permanecerá sempre viva onde quer que haja Portugueses.

 


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Algarve a 17.12.2015 às 18:02

Os Chineses dizem que foram enganados com os vistos gold,afinal parece que o Miguel Macedo ficou com o dinheiro e não deu vistos a ninguém. É tudo boa gente.O Macedo dizia que não tinha nada com o assunto e o primeiro ministro apoiou sempre,ainda hoje deve de apoia-lo em tudo,nem deve ter saído do partido,ele deve ser o dono do PSD actualmente.
Sem imagem de perfil

De Vasco a 17.12.2015 às 18:49

Vai estudar os verbos e depois já podes escrever comentários.

Comentar post