Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




abertura do ano judical

por Rodrigo Moita de Deus, em 29.01.14

É tradição mas nem por isso faz sentido. A justiça assinala o regresso ao trabalho com um dia sem trabalhar. Acabaram as férias judiciais. Não era suposto estarem a trabalhar?


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De :P a 29.01.2014 às 16:44

Podiam fazer a festa no dia anterior. É o "jeitinho tuga" - aproveitar todo e qualquer argumento para tirar uma vantagem. Por mesquinha que seja.
Sem imagem de perfil

De FGCosta a 29.01.2014 às 16:59

Trata-se de uma PRAXE como outra qualquer. Esta não mata nem traumatiza ninguém (que se saiba), mas é na mesma uma manifestação bacoca de estatuto.
Sem imagem de perfil

De Militante PSD a 29.01.2014 às 17:16

Ó Rodrigo,
quem lá está? Eu não consto na "lista"!

A propósito de "lista", in http://www.publico.pt/economia/noticia/beneficios-fiscais-as-empresas-em-2012-diminuiram-em-350-milhoes-de-euros : «A Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS foi a empresa privada que recebeu mais benefícios fiscais relativos ao ano fiscal de 2012, com 79,9 milhões de euros. A empresa só é ultrapassada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), com 118,2 milhões de benefícios,… em 2011 ... a Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS não constava da lista de beneficiárias…”

Será que os “malfeitores” (os que fazem as coisas mal feitas) poderão continuar com o beneplácito do PR (e de ti)?
Sem imagem de perfil

De +1 fósforo pro borralho a 29.01.2014 às 20:19

É mais uma "praxe" chuchadeira.

Abrir o ano judicial?
Poça, julguei que não "fechava".
Esta cerimónia tresanda a "confissão". CORJA!

Imagem de perfil

De tron a 30.01.2014 às 04:57

A justiça em Portugal está sempre de férias

Comentar post