Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




é mesmo o maio68

por Rodrigo Moita de Deus, em 13.12.18

Gosto sempre de saudosismo. A ideia de que os protestos dos "coletes amarelos" são uma espécie de grande movimento contra o neoliberalismo é uma interpretação criativa. O protesto nasce de proprietários de automóveis (logo pequeno burgueses) contra uma taxa do estado criada para subverter a lógica do mercado automóvel. Tudo isto num país com uma gigantesca carga fiscal que alimenta um gigantesco estado social. Sim. O protesto é contra o neoliberalismo,

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Perfil Facebook

De Manolo Heredia a 18.12.2018 às 16:10

Coletes verdes: o império dos deserdados do Império...
Sem imagem de perfil

De Algarve a 18.12.2018 às 19:49

A questão de um milhão na queda do helicóptero do INEM: atendendo a que os destroços não evidenciam que tenha havido explosão e atendendo à intolerável demora na chegada de socorro ao local; QUEM GARANTE QUE TODAS AS VÍTIMAS MORRERAM NO MOMENTO; QUEM GARANTE QUE NENHUMA DAS PESSOAS (E ERAM 4) QUE ALGUMA ESTEVE VIVA DURANTE 1H OU 2H À ESPERA DE SOCORRO ACABANDO POR MORRER.

ESTE CENÁRIO NÃO ESTÁ A SER COLOCADO COMO POSSIBILIDADE QUANDO SABEMOS QUE NÃO HOUVE EXPLOSÃO , NEM O HELICÓPTERO CAIU DE ALTURAS ELEVADAS
Sem imagem de perfil

De RG a 19.12.2018 às 13:45

Não será melhor esperar pela AUTÓPSIA antes de VIR para aqui GRITAR? E não será ADEQUADO usar PONTOS DE INTERROGAÇÃO em questões - ainda PARA mais se VALEM UM milhão DE euros?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.12.2018 às 19:18

voce está desactualizado ou só ve a cm tv
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.12.2018 às 00:22

É contra a globalização brutal que lavou ao desvanecimento do valor do trabalho. Nesse sentido é anti 'neoliberal' (o que quer que isso queira mesmo, mesmo, dizer...).
E sim, é contra o pagamento de impostos. Nesse sentido é anti-socialista? É aí que pretendem chegar?
Sem imagem de perfil

De Raposo Tavares a 20.12.2018 às 00:23

É contra a globalização brutal que lavou ao desvanecimento do valor do trabalho. Nesse sentido é anti 'neoliberal' (o que quer que isso queira mesmo, mesmo, dizer...).
E sim, é contra o pagamento de impostos. Nesse sentido é anti-socialista? É aí que pretendem chegar?
Perfil Facebook

De José Teixeira Da Silva a 21.12.2018 às 00:54

Oh Rodrigo. Os clássicos da economia politica devem estar aos saltos, em Londres, nas respectivas tumbas: Adam Smith e David Ricardo, certamente terão adquirido capacetes, para protegerem as respectivas caveiras, E o Carlinhos proletário deve estar equipado com uma armadura medieval, para proteger o seu esqueleto (ou o que resta dele) das tábuas de carvalho que lhe servem de terno. Isto de classificar como "pequenos burgueses", alguém que anda de "cu tremido", numas coisas móveis com quatro rodas, tem muito que se lhe diga. Será que uma viatura nos tempos que correm é um luxo ou instrumento de trabalho, que permite sedimentar e classificar classes sociais ? - Para terminar o insulto, permita-me o desabafo: arre, que vem ai uma máquina a vapor...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.01.2019 às 03:02

" O protesto nasce de proprietários de automóveis (logo pequeno burgueses) "

Só são "pequeno-burgueses" se os seus "automóveis" forem meios de produção de mercadorias (p.ex, se os usarem para fazer transportes para a Uber).

Comentar post