Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou de intrigas

por Rodrigo Moita de Deus, em 01.04.18

Em Janeiro deste ano o governo proibiu os ajustes diretos acima dos 20 mil euros. Isto em nome da transparência, ética e coiso e tal. Três meses depois o mesmo governo estava a fazer um ajuste direto de 1 milhão de euros. Isto porque, desde 2015, que se têm esquecido de abrir concurso para comprar pulseiras eletrónicas. Segue-se um outro ajuste direto. Desta vez umas dezenas de milhões de euros para ter meios aéreos a tempo. Ainda bem que a lei mudou em Janeiro.   


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.






subscrever feeds