Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




eu que não sou de intrigas

por Rodrigo Moita de Deus, em 14.05.20

As provas de que o Covid foi feito por cientistas na China estão guardadas no mesmo armário onde guardam a localização das armas de destruição maciça do Iraque.


lavagem de mãos e outras medidas profiláticas

Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 14.05.2020 às 18:10

Quem é que afirma que o Covid-19 foi «feito» por cientistas na China? O que se suspeita cada vez mais, e com fortes motivos para isso, é que um vírus «natural» de morcegos foi extraído num laboratório de Wuhan, e, por incompetência, por desleixo, por deficientes condições de segurança, saiu daquele.

Já agora, existiram mesmo armas de destruição maciça no Iraque: Saddam Hussein utilizou-as (gases tóxicos letais) contra os curdos em finais dos anos 80.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds