Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O PSD não tem a grandeza do seu líder

por Rodrigo Moita de Deus, em 09.09.18

Rui Rio quer que sua arte e engenho sejam "a arte e engenho do partido"

Autoria e outros dados (tags, etc)


comentários

Sem imagem de perfil

De ainda mais um desiludido a 10.09.2018 às 23:58

...ou seja, essa declaração de Rui Rio até parece prometedora mas, tendo em conta o que tem feito e deixado de fazer enquanto líder do PSD, essa declaração apenas significa que ele quer o PSD à sua imagem independentemente das posições, orientações, opiniões e expectativas dos muitos dirigentes e militantes, tenham ou não votado nele.

Ou seja, afinal, Rui Rio é quem deveria ter formado um novo partido. Obviamente um novo partido à sua imagem mas suponho que isso já seria demasiado para ele... se nem se dignou colocar-se ao serviço do país interrompendo as suas sagradas férias para um muito necessário comentário ocasional! Receio, infelizmente, que o que lhe interessa mesmo são as suas ambições pessoais.

Aliás, partido novo? Nem pensar, que trabalheira seria para Rui Rio ter de construir um partido de raiz e com futuro incerto. Claro que Rui Rio não está para essas chatices! É sempre mais fácil fazer a metamorfose à sua imagem de um que já exista pois basta fazer o saneamento, tarefa essa que muito diligentemente já iniciou, e a partir daí fica com rédea solta para fazer do partido o que muito bem entender.

Comentar post