Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sócrates, o mentiroso compulsivo

por Nuno Gouveia, em 15.12.15

Em 2013, Sócrates jurava que foi estudar para Paris com um empréstimo da Caixa Geral de Depósitos. Hoje, o mentiroso garante, com a mesma convicção: o "dinheiro que me permitiu viver em Paris foi dado pela minha mãe". Que haja alguém sequer a defender o sujeito em público é algo que me ultrapassa.